Ação do Sebrae/CE visa melhoria da competitividade de Buffets em Fortaleza

Mídia Pública | Além do Texto

Mesmo com a retomada das atividades e o aumento da cobertura vacinal, alguns segmentos econômicos ainda estão tendo dificuldade para recuperar o ritmo pré-pandemia. De acordo com a última pesquisa sobre os impactos da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios realizada pelo Sebrae e Fundação Getúlio Vargas (FGV), alguns fatores como o aumento dos custos e a redução dos clientes são apontados hoje como as maiores preocupações dos empreendedores.

Entre os empreendedores do segmento de alimentação ouvidos na pesquisa, 62% afirmam que o aumento dos preços dos insumos, aluguéis, energia, entre outros é o fator de maior dificuldade para os negócios. Já para 13%, a falta de clientes é o grande problema. Uma das atividades deste segmento que foi severamente impactada com a redução no número de eventos e com os novos hábitos dos consumidores foi a de serviços de buffet.

Mas uma ação do Sebrae/CE vem ajudando empreendedoras de Fortaleza deste segmento a se qualificarem e a vislumbrarem novas oportunidades no mercado. De acordo com a analista do escritório do Sebrae/CE em Fortaleza, Evelyne Tabosa, um grupo de 12 empreendedores vem participando de uma série de capacitações nas áreas de liderança, gestão, relacionamento com o cliente, finanças e mercado, visando a melhoria da competitividade destes negócios. “Primeiro, nos reunimos para entender as principais necessidades das empresas e iniciamos o trabalho com uma oficina de design thinking, em seguida um curso de liderança para resultados, a fim de fortalecer as competências da liderança com os empresários”, destaca.

Segundo Evelyne, o grupo também passou pela Jornada do Cliente, que trabalhou, entre outras questões, técnicas de negociação e vendas. “O fechamento das vendas neste mercado tem muitas especificidades e é de extrema importância estar atento a elas para conseguir mostrar o valor do serviço ao cliente. Neste mercado, isso é um grande desafio, mas também é um importante diferencial competitivo das empresas”.

O grupo de empreendedoras participou ainda de palestras sobre gestão financeira e estão tendo acesso a consultorias individuais para tratar de temas específicos de cada empreendimento.

Colocando em prática

A empreendedora Raquel Silveira, proprietária da Raquel Buffet, é uma das participantes da ação que já começou a colocar em prática os conhecimentos aprendidos durante as capacitações. Ela, que atua há 29 anos, disse que, apesar das dificuldades decorrentes da pandemia, está otimista quanto ao futuro do negócio. “Como dona de buffet que sofreu durante a pandemia e ainda está sofrendo com os dois anos parados, os cursos que o Sebrae tem nos oferecido tem me feito pensar positivo, tem me feito acreditar que a gente pode se recuperar”.

Para Carol Belchior, da Carol Chocolate, a parceria com o Sebrae está ajudando as empresas em um momento importante de retorno das festas. “O Sebrae está nos ajudando a qualificar nossas empresas, a tirar as dúvidas e a buscarmos melhorias”. Este é o mesmo sentimento da proprietária do Buffet Golden Kids, Bertha Mendes. “Estes cursos vieram em um momento maravilhoso, na retomada dos eventos, e estão engrandecendo demais o nosso conhecimento, trazendo novas formas de pensar, novas informações, além de agregar os gestores das empresas e permitir essa troca entre os gestores que é muito importante”.

Missão técnica

A analista do Sebrae/CE, Evelyne Tabosa destaca que, além das capacitações, a instituição também está apoiando as empreendedoras na realização de uma missão técnica do grupo a São Paulo, para participar de duas importantes feiras da área: a Gift & Abup e a ABCASA.

Nesta última, segundo Evelyne, as empreendedoras terão a oportunidade de se reunirem com Dani Sakurai, empreendedora, consultora e coordenadora e curadora do Setor de Eventos da ABCASA, que irá falar sobre como o setor de festas vem se posicionando no mercado atual. “É um momento importante, onde as empreendedoras cearenses irão saber mais sobre as novas tendências do mercado e de como as empresas nacionais vem atuando diante dos novos desafios”.

Fonte: Sebrae.

Mídia Pública | Além do Texto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.